JNR

Home

Curriculum e Trabalhos realizados | Acerca de Mim | Fotos | Meus Estudos | Fotografias | My Resume | Favorite Links | Contact Me
Curriculum e Trabalhos realizados

Jose Nogueira Reis

Santa Eugénia

5070-411

Índice

   Informações profissionais

   Ligações favoritas

   Contactos

   Projectos actuais

   Informações pessoais

   Interesses pessoais

 

Informações profissionais

no TrabalhoCurso de Jovem Empresário Agrícola - Ministério da AgriculturaCurso de Aquisição de Competências Sócio - Profissionais (POEFDS ) - Sendo constituído por duas partes: Uma de Formação teórica com duração de 492horas, estando incluídas 120horas de informática, ministradas pelo Exmº Doutor António Mansilha; e a outra, de Formação Prática com duração de 168horas, correspondendo a um estágio, na entidade Junta de Freguesia Stª. Eugénia, que se está a prolongar desde Janeiro até à data. Exercendo as Funções de Toda a Parte Administrativa, Atendimento ao Público, ensaios, debates, levantamentos Sócio - Culturais, Patrimoniais, Históricos, Estudos, Planos e Objectivos, requerimentos para todas e quaisquer Repartições(como por ex.: Pedidos de Licença de plantio, reconstituições, certidões de teor, apoio telefónico, contagem de tempo para ex-combatentes, subsídios agrícolas, declaração de transporte de produtos agrícolas, de residência, de posse, de condição económica, de vida, etc. etc.), buscas na Internet. Uma espécie de "Loja do cidadão", mas, com um só "funcionário polivalente", um verdadeiro gabinete de apoio ao munícipe. Formação EspecíficaLeitor - CobradorTécnico - Classificador de VinhasAnimação - CulturalPromoção - CulturalLevantamento de Prédios RústicosRecenseamento Geral AgrícolaCensosPrevidência - Social, direitos, deveres, legislação e novos documentosImobiliáriaVindima, transporte, legislação e fiscalizaçãoFormação Autarca - Autarcas, Autarquias, Municípios e MunícipesFormação Autarca - Protecção CivilColóquios, Retiros e Fóruns 2 de 1 semana cada 1 - Seminário de Vila-Real(Padre Feitor Pinto ), incluía temas como: Historial do Cristianismo e das Religiões mais significativas; Cristianismo, outras religiões e liberdade de culto; Igreja e Estado; O cri??b??

Habilitações Académicas

2º Ano do Curso Complementar

Português, exame ADOC (Faculdade de Letras no Porto )

Formação Profissional

Curso de Primeiros socorros Secretaria de Estado da Segurança Social e Prevenção no Trabalho

Curso de Jovem Empresário Agrícola Ministério da Agricultura

Curso de Aquisição de Competências Sócio Profissionais (POEFDS ) Sendo constituído por duas partes: Uma de Formação teórica com duração de 492horas, estando incluídas 120horas de informática, ministradas pelo Exmº Doutor António Mansilha; e a outra, de Formação Prática com duração de 168horas, correspondendo a um estágio, na entidade Junta de Freguesia Stª. Eugénia, que se está a prolongar desde Janeiro até à data. Exercendo as Funções de Toda a Parte Administrativa, Atendimento ao Público, ensaios, debates, levantamentos Sócio Culturais, Patrimoniais, Históricos, Estudos, Planos e Objectivos, requerimentos para todas e quaisquer Repartições(como por ex.: Pedidos de Licença de plantio, reconstituições, certidões de teor, apoio telefónico, contagem de tempo para ex-combatentes, subsídios agrícolas, declaração de transporte de produtos agrícolas, de residência, de posse, de condição económica, de vida, etc. etc.), buscas na Internet. Uma espécie de «Loja do cidadão», mas, com um só «funcionário polivalente», um verdadeiro gabinete de apoio ao munícipe.

Formação Específica

Leitor Cobrador

Técnico Classificador de Vinhas

Animação Cultural

Promoção Cultural

Levantamento de Prédios Rústicos

Recenseamento Geral Agrícola

Censos

Previdência Social, direitos, deveres, legislação e novos documentos

Imobiliária

Vindima, transporte, legislação e fiscalização

Formação Autarca Autarcas, Autarquias, Municípios e Munícipes

Formação Autarca Protecção Civil

Colóquios, Retiros e Fóruns

2 de 1 semana cada 1 Seminário de Vila-Real(Padre Feitor Pinto ), incluía temas como: Historial do Cristianismo e das Religiões mais significativas; Cristianismo, outras religiões e liberdade de culto; Igreja e Estado; O cristão e a sociedade contemporânea; Paz, guerra, direitos universais do homem, Objectores de consciência , solidariedade e mecenato; Idealismo e Materialismo; Cristianismo e Marxismo.

Experiência Profissional

2002

Estágio na Junta de Freguesia de Santa Eugénia

2001

Censos

2000

Leitor de contadores eléctricos EDP(concelho de Alijó, Sabrosa e Murça )

1999

Escriturário Norte Frangos

1998

Vendedor Norte Frangos

1997

Vendedor Monteiro & Filhos

1996

Técnico Classificador de Vinhas (ENDEM, Instituto do vinho e da vinha )

1995

Promotor Cultural Grupo Desportivo Cultural e Recreativo de StªEugénia

1994

Técnico de Armazém (Exportação ) Moto Meter

1993

 Imobiliária -  ( Madrid )

1992

  Mordomo -  ( Madrid )

1991

Barman ( Madrid ); Censos

 

 

DE 1977 a 1992

Fui Empresário Agrícola, embora, por vezes, acumulasse com outras funções

1987

Recenseamento Geral Agrícola

DE 1984 a 1986

Mediador de Seguros Eagle Star

De 1979 a 1981

Educador de Adultos Ministério da Educação

1973

Levantamento de Propriedades Agrícolas Ministério das Finanças

DE 1972 a 1973

Escriturário Colégio Nossa Senhora da Boavista ( Vila Real )

De 1970 a 1972

Escriturário Casa do Povo de Santa Eugénia

 

 

Teatro Autor, Co encenador e Actor

Co Fundador do Centro Cultural e Recreativo de StªEugénia

Co Fundador do Grupo Desportivo Cultural e Recreativo de StªEugénia

Co Fundador do Centro Social de StªEugénia

Direcção da Casa do Povo de StªEugénia

Assembleia                                  

Candidato a Assembleia de Freguesia

Candidato a Assembleia Municipal

Deputado da Assembleia Municipal

                                  de Freguesia

Militante de Partido Político

Sócio dos Bombeiros Voluntários de Alijó

                                  G.D.C.R.StªEugénia

                                  Cento Social    

Cooperador do Funcionário/Encarregado do Grémio dos Viniticultores

                                                                              dos CTT

                                  Estafeta dos CTT ( Carteiro )

Explicador

Participação em Torneios de Damas e Xadrez

Participação na 1ªVinord ( 3º Lugar Canções )

Participação no 1º FITEI ( Festival de Teatro de Expressão Ibérica )

Atleta de Futebol

Membro de Mesas da Assembleia de voto; Inclusive 16/12/2001 e 17/03/2002

Organização de várias excursões:

Santarém

Braga

Castelo Branco

Mirandela

Santiago de Compostela

Membro do Grupo Cristão «Oásis»

Delegado Político

Encontros de Municípios

Participei em várias iniciativas do INATEL

Co Fundador da Associação de ovinos e caprinos de Vila Real e Bragança

1968 Fundei e Redigi um jornal de turma (Gomes Teixeira)

1970 Co Fundador do Jornal menor, «O Plátano»

1974 - Participei Activamente nas campanhas de «Politização»

 

 

Cargo ou profissão

Administrativo

Principais responsabilidades

Toda a Parte Administrativa; Atendimento ao Público; Ensaios; Estudos; Levantamentos, etc.

Departamento ou grupo de trabalho

Junta de Freguesia de Santa Eugénia

 

Voltar ao início

Ligações favoritas

   http://nogueirareis.tripod.com

   http://nogueirareis.tripod.com/alijo

   http://nogueirareis.tripod.com/santaeugenia

   http://josereis.tripod.com

   http://josereis1.tripod.com

   http://jnreis.tripod.com.br.com/jnreis

   http://sportigvila-real.tripod.com

   http://sportingvila-real.tripod.com/historia

   http://sportingvila-real.tripod.com/santaeugenia

   http://sportingvila-real.tripod.com/jnreis

   http://sportingsantaeugenia.tripod.com

   http://sportingsantaeugenia.tripod.com/jnreis

   http://sporting9.tripod.com

   http://reis19.tripod.com

   http://reis19.tripod.com/jnr

   http://reis19.tripod.com/rnj

   http://reis19.tripod.com/reis19

   http://HipyReis.tripod.com

   http://HipyReis.tripod.com/pessoal

   http://jose727.tripod.com

   http://santaeugenia.tripod.com

   http://juntafreguesia.tripod.com

 

Voltar ao início

Contactos

Endereço de correio electrónico

HipyReis@clix.pt

JNReis@clix.pt

Reis0@portugalmail.com

Jfregsteugenia.alj@clix.pt

JNogueiraReis@sapo.pt

Rnjosehotmail.com

Reis-nogueira@hotmail.com

santaeugenia@santaeugenia.zzn.com

santabarbar@santaeugenia.zzn.com

nogueirareis@santaeugenia.zzn.com

cafeareias@santaeugenia.zzn.com

 

Endereço na Web

Nogueirareis.tripod.com

Reis19.tripod.com

Juntafreguesia.tripod.com

 

Telefone do escritório

259646486

 

Voltar ao início

Projectos actuais

   Entrar para o curso de Sociologia

Entrar na Faculdade

O Mundo Rural

 

Voltar ao início

Informações pessoais

Jose Nogueira Reis

Data de Nascimento: 20/03/1953

Estado civil: Separado

Altura: 1.63

Cor dos olhos: Azul

Cor do cabelo: Preta

Cor da pele: Morena

 

 

 

Voltar ao início

Interesses pessoais

   Leitura

Teatro

Informática

Xadrez

Damas

Sexo

Divertimento

Sociabilização

 Escrever ensaios

Aprender a Pensar

 

Voltar ao início

 

Última revisão: Quarta-feira, 31 de Julho de 2002

 

O Trabalho e a Personalidade

Realizado por:

José Nogueira dos Reis

 

Introdução ao estudo da Personalidade

O Trabalho e a PersonalidadeRealizado por:José Nogueira dos ReisIntrodução ao estudo da PersonalidadeBreve históricoOriginariamente, a palavra pessoa designava a máscara que o actor punha no rosto (latim, persona, litchina, no antigo russo, litchnost, no russo actual), passando depois a designar o actor e o seu papel: a pessoa do rei, do acusador, etc. Com o tempo a excepção da palavra estendeu-se ao mundo interior do indivíduoPreâmbuloAo longo da evolução histórica, o trabalho modelou o homem; a sua acção determinante na formação da pessoa humana continua nos nossos dias. Esta é uma tese que tanto partilham filósofos e psicólogos materialistas como idealistas.Estranho, é não abundarem trabalhos e/ou estudos interessados em mostrar as particularidades e as leis da génese das diversas qualidades da personalidade nas condições concretas do trabalho. Tendências Filosóficas/Psicológicas.Materialista: Esta por sua vez cindiu-se, em duas correntes. 1ª- assenta em posições biológicas; 2ª- assenta em posições sociológicas.ContinuaçãoTendência idealista: è a ideia de unidade do espiritual e da pessoa, cujas raízes mergulham em Platão, que está na base da filosofia idealista moderna do personalismo.Teorias de FormaçãoNa teoria dos grupos e dos indivíduos no processo de trabalho define-se a exposição relativa às qualidades da personalidade e da sua co-relação com o trabalho. Deva-se ter especial atenção às qualidades que se inscrevem nos vários aspectos da estrutura funcional dinâmica da personalidade.Personalistas AmericanosB. Bowne e J. Royce, fundadores do personalismo, consideram a personalidade uma substância "supra-individual", cuja mentalidade a manifesta, tanto em relação à essência física como à essência psíquica, na sua opinião, a substância da pessoa forma o "nódulo", que está rodeado de "esferas" empiricamente reconhecíveis: o temperamento, o carácter, as capacidades.Pensar o HomemPertencente à ordem inteligível e pensado como ser fenoménico, pode acontecer ao mesmo tempo"b

Breve histórico

Originariamente, a palavra pessoa designava a máscara que o actor punha no rosto (latim, persona, litchina, no antigo russo, litchnost, no russo actual), passando depois a designar o actor e o seu papel: a pessoa do rei, do acusador, etc. Com o tempo a excepção da palavra estendeu-se ao mundo interior do indivíduo

Preâmbulo

Ao longo da evolução histórica, o trabalho modelou o homem; a sua acção determinante na formação da pessoa humana continua nos nossos dias. Esta é uma tese que tanto partilham filósofos e psicólogos materialistas como idealistas.

Estranho, é não abundarem trabalhos e/ou estudos interessados em mostrar as particularidades e as leis da génese das diversas qualidades da personalidade nas condições concretas do trabalho.

Tendências Filosóficas/Psicológicas.

Materialista: Esta por sua vez cindiu-se, em duas correntes. 1ª- assenta em posições biológicas; 2ª- assenta em posições sociológicas.

Continuação

Tendência idealista: è a ideia de unidade do espiritual e da pessoa, cujas raízes mergulham em Platão, que está na base da filosofia idealista moderna do personalismo.

Teorias de Formação

Na teoria dos grupos e dos indivíduos no processo de trabalho define-se a exposição relativa às qualidades da personalidade e da sua co-relação com o trabalho. Deva-se ter  especial atenção às qualidades que se inscrevem nos vários aspectos da estrutura funcional dinâmica da personalidade.

Personalistas Americanos

B. Bowne e J. Royce, fundadores do personalismo, consideram a personalidade uma substância «supra-individual», cuja mentalidade a manifesta, tanto em relação à essência física como à essência psíquica, na sua opinião, a substância da pessoa forma o «nódulo», que está rodeado de «esferas» empiricamente reconhecíveis: o temperamento, o carácter, as capacidades.

Pensar o Homem

Pertencente à ordem inteligível e pensado como ser fenoménico, pode acontecer ao mesmo tempo«pois que uma coisa na ordem dos fenómenos(...)esteja submetida a certas leis, de que essa mesma coisa ou ser em si, é independente, isso não contém a mesma contradição, porque no 1º caso o homem pensa-se afectado pelos sentidos e, portanto, como pertencente ao mundo inteligível.

Levantamento Temático

Vontade e Liberdade como sua Propriedade.

Agir incondicionalmente supõe«Liberdade de vontade»

A liberdade é o princípio fundamental de toda a moralidade

Vocabulário ou expressões mais usadas, na linguagem Kantiana

Boa-vontade Agir por puro respeito pela lei.

Razão prática dinamismo ou uso moral da razão.

Felicidade conjuntamente com a vontade constitui o Soberano Bem .

Respeito observância por respeito à lei; em conformidade c/a lei; por obediência à lei e não por outra razão.

Competências Profissionais

Capacidade de calculo

Capacidade de raciocínio

Capacidades criativas

Capacidades directamente ligadas ao trabalho

Capacidade de comunicação

Capacidades Pessoais/Interpessoais

Balanço de Competências Desenvolvidas ao Longo da Vida

Humanas

Aquisição de Competências Sócio-Profissionais

Desenvolvimento Pessoal

Atitudes e Comportamento

Comunicação e Relacionamento

Motivações

Mudança

Normas, Valores e Quadros de Referência

Valores Profissionais

Pessoas

 

 

Actividade Física

Bom Salário

Criatividade

Elevada Realização

Independência

Liderança

Prestigio

Risco

Segurança no Emprego

Trabalho com Pessoas

Fenómenos Psíquicos

1-     Processos Psíquicos

2-     Estados Psíquicos

3-     Propriedades Psíquicas

 

   Fenómenos Psíquicos, Manifestações

1-     Sensações, percepções, memória, reflexão, etc.

2-     Vigor, Fadiga, Actividade, Passividade, Irritabilidade, e os Diferentes Estados de Espirito

3-     Estas são mais estáveis, embora sejam variadas. As modificações pela evolução biológica do homem, compreendidas entre a nascença e a velhice. Mas são sobretudo modificações quando expostas a influências das condições sociais e da educação.

 O Conceito da Personalidade

Está intimamente ligado ao conceito de Ego

Inquérito de Qualidades Desenvolvidas numa Empresa

Total de Respostas- 233

Perseverança

71

30%

Iniciativa

38

16%

Constância no Esforço

32

14%

Coragem

28

12%

Resolução

19

08%

Organização

13

06%

Independência

13

06%

Desejo de Instrução

12

05%

Assiduidade

07

03%

Total

233

100%

 

.As Relações de Personalidade

Uma Relação Existe sempre em Função de Mim Mesmo.

O Animal não está em relação com o que quer que seja, não conhece qualquer relação.

Para o animal, as suas relações com os outros não existem como relações.

O Reflexo das Relações Objectivas

Pela consciência, no plano ontológico, como fenómeno psíquico.

E, no plano ontológico, como se sabe, não se pode qualificar de subjectivo, num fenómeno psíquico.

No plano ontológico, os fenómenos psíquicos, com inclusão das relações psíquicas são objectivas.

As Relações Pessoais

Quando conscientes, enquanto forma superior, que é pertença única do homem, das relações psíquicas, surgem num lugar onde se constituem as operações do«Eu» e do «Não-Eu».

A forma da Relação Pessoal que põe o Ego em evidência (ofensa, timidez, medo, etc.) é dado ao homem geneticamente.

Filo e Ontológicamente

A gama complexa das relações psíquicas que permitem compreender asa relações pessoais do homem no trabalho, chama-la-emos de «série genética das relações.

O ganido de um cão espancado, o bebé que deixa de chorar quando lhe mudam a fralda representam relações psíquicas extremamente primitivas.

Mas quando um cão baixa a cauda ao ver avançar um pau ou o bebé sorri ao ver aproximar-se a mãe, são relações um tanto mais complicadas incontestavelmente.

 

 

 

 

 

 

 


 

 

A Cultura - Um Trabalho Realizado por: José Nogueira dos Reis - A cultura, adquire-se através de muitos canais, que por sua vez, vão beber a muitas fontes, tais como: Formação Escolar FORMAÇÃO PROFISSIONAL EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Em cada uma destas "Fontes", se desenvolvem competências e/ou saberes, que nos ajudam a desenvolver os "Traços de Personalidade". Pessoalmente, Sou defensor, ou melhor, sou apologista da corrente que valoriza majoritariamente "As Competências-Sócio Profissionais".Julgo estarem inseridas num contexto mais vasto, mais variado e mais enriquecedor;Através delas, pela sua vastidão, variedade e dificuldade de resolução e/ou optimização permanente, o desenvolvimento do homem, torna-se mais efectivo e harmonioso, "Psico e Fisícamente. A referida "Aquisição de Competências Sócio-Profissionais", tem especial incidência, nas seguintes áreas:"Desenvolvimento Pessoal";"Atitudes e Comportamento";Motivação";"Normas Valores e Quadros de Referência";Comunicação e Relacionamento Interpessoal";"Dialéctica na Mudança";Competências Sócio Profissionais";"Organização e Funcionamento das Instituições"(Actualmente, com a precariedade de empregos e, com os contractos a Prazo ),"Desenvolvimento, do Conhecimento do Mercado de Emprego";"Desenvolvimento das Técnicas de Procura de Emprego";"Desenvolvimento de Novas Tecnologias". Ora, estas áreas, repartem-se pelos mais variados campos, ou saberes, tais como: Interesses Profissionais/Planeamento Vocacional; Testes no Processo de Selecção -Para que Servem, que Avaliam?; - Provas de Personalidade/Conhecimentos - Adequabilidade/Interesses e Valores , etc. ; "Cartas de Candidaturas, Respostas a Anúncios, Sobrevivência,etc. ;Balanço Permanente de Competências; _Competência Técnica, - Domínio do Saber(de ordem intelectual, que faz apelo ao raciocínio ); Competência Operacional- ..b..http://nogueirareis.tripod.com/reis/

A cultura, adquire-se através de muitos canais, que por sua vez, vão beber a muitas fontes, tais como:

                Formação Escolar

               

                     FORMAÇÃO PROFISSIONAL

 

                     EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

 

 

 

 

 

   Em cada uma destas Fontes, se desenvolvem competências e/ou saberes, que nos ajudam a desenvolver os Traços de Personalidade.

 

 

Pessoalmente, Sou defensor, ou melhor, sou apologista da corrente que valoriza majoritariamente «As Competências-Sócio Profissionais».Julgo estarem inseridas num contexto mais vasto, mais variado e mais enriquecedor;Através delas, pela sua vastidão, variedade e dificuldade de resolução e/ou optimização permanente, o desenvolvimento do homem, torna-se mais efectivo e harmonioso, Psico e Fisícamente. A referida Aquisição de Competências Sócio-Profissionais, tem especial incidência, nas seguintes áreas:

Desenvolvimento Pessoal;

Atitudes e Comportamento;

Motivação;

Normas Valores e Quadros de Referência;

Comunicação e Relacionamento    Interpessoal;

Dialéctica na Mudança;

Competências Sócio Profissionais;

Organização e Funcionamento das Instituições(Actualmente, com a precariedade de empregos e, com os contractos a Prazo ),

Desenvolvimento, do Conhecimento do Mercado de Emprego;

Desenvolvimento das Técnicas de Procura de Emprego;

Desenvolvimento de Novas Tecnologias.

 

 

 

   Ora, estas áreas, repartem-se pelos mais variados campos, ou saberes, tais como:

 

    Interesses Profissionais/Planeamento Vocacional;

    Testes no Processo de Selecção

    Para que Servem, que Avaliam?;

   - Provas de Personalidade/Conhecimentos

   Adequabilidade/Interesses e Valores , etc. ;

   Cartas de Candidaturas, Respostas a Anúncios,

    Sobrevivência,etc.

    ;Balanço Permanente de Competências;

   _Competência Técnica, - Domínio do Saber(de ordem intelectual, que faz apelo ao raciocínio );

    Competência Operacional- O domínio do Saber Fazer( que faz apelo à execução) ;

    Competência Humana ( Domínio do Saber-Ser «Que faz apelo às qualidades interpessoais, de Relacionamento Humano mais do domínio Comportamental »).

    Competências Adquiridas com Experiências Positivas e/ou Negativas.

   Balanço Pessoal ou Auto-Balanço

    «Tentar  Combinação Vencedora»

    Estilo de vida profissional,« o que o caracteriza?, desejo de evoluir, etc. »

   Consultas Psicológicas,  sobre Formação e Desenvolvimento. Do tipo: «Gosto Muito», «GOSTO», «Não Gosto», «Não Gosto Mesmo Nada»

   Valores e Atitudes

 

 

           Quadro de Competências     Profissionais

 

 

Ø   Capacidade de Calculo

Ø   Capacidade de Raciocínio

Ø   Capacidades Criativas

Ø   Capacidades directamente ligadas ao Trabalho

Ø   Capacidades de Comunicação

Ø   Capacidades Pessoais

Ø   Inter- Pessoais

Ø   Balanço de Competências Desenvolvidas ao Longo da Vida.

 

 

 

Ø   Valores Profissionais;

Ø   Actividade Física

Ø   Criatividade

Ø   Elevada Realização

Ø   Independência

Ø   Liderança

Ø   Prestígio

Ø   Risco

Ø   Segurança no Emprego

Ø   Trabalho com Pessoas.

 

 

Qualidades Desenvolvidas Profissionalmente

Perseverança

Iniciativa

Constância no Esforço

Coragem

Resolução

Organização

Independência

Desejo de Instrução

Assiduidade.

 

 

AS Relações Pessoais

Quando conscientes, enquanto forma superior do homem, das Relações Psíquicas, surgem num lugar onde se constituem as operações do «EU« e do «NÃO-EU«.

A forma da Relação que põe o Ego em evidência( ofensa, timidez, medo, et.) é dado ao Homem geneticamente.

O Reflexo das Relações Objectivas

Pela consciência, no Plano Ontológico, como Fenómeno Psíquico.

E, no plano ontológico, como se sabe, não se pode qualificar de Subjectivo, num Fenómeno Psíquico.

No Plano Ontológico, os Fenómenos Psíquicos, com inclusão das Relações Psíquicas são Objectivas.

 

 

AS RELAÇÕES INTER-PESSOAIS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.